Não há caminho que precise

Ser trilhado sozinho.

Não há causa que precise 

Ser lutada sozinho.

Quando Apeîara viu que só ele seria incapaz de guiar tantos mortais e tantos herdeiros, ele decidiu criar seus próprios. O deus deu a eles um único objetivo, ajudar as pessoas que se perdiam a voltar para o caminho certo. Uma tarefa bastante difícil, sendo necessário que Apeîara desse aos guias uma infinita paciência e sabedoria. Se isso é apenas uma habilidade de sua herança ou um poder sobre-humano, são apenas teorias.

É dito com frequência que se Apeîara não tivesse criado os Guias, os herdeiros que existiam teriam se matado até a extinção. Eles eram violentos, irracionais e obedeciam a cada ordem de seus patronos, mesmo que isso levasse eles a morte. Os Guias mostraram aos herdeiros que havia mais na vida que os desígnios divinos. Havia diversão, amor, tristeza e esperança. Eles ajudaram a moldar a herança como ela é hoje, um presente divino e não uma obrigação.

Graças a um pedido de Apeîara para Jaci, os Guias possuem uma grande magia de existência; eles são capazes de acalmar emoções, subverter traumas e abrir caminhos que as próprias pessoas travam. Além disso, tendo um pouco de magia de criação, são capazes de criar e alterar feitiços. Além de um senso de direção e uma memória impecável, eles também receberam de Apeîara um entendimento sobre a dádiva da herança que poucos seres da criação têm. Seu maior poder, porém é o chamado ‘Olhos do Cadáver’. Essa habilidade dá aos Guias a capacidade de ver através de ilusões, caminhos escondidos e trilhas esquecidas. Essa habilidade surgiu quando Apeîara quase morreu em uma das brincadeiras de Abaçai. O deus fez questão de passar tal habilidade para seus herdeiros.

Com a modernidade se instaurando, os Guias são tão atarefados quanto seu patrono. Servindo como generais em exércitos ou como profissionais de saúde mental, os guias são uma herança muito numerosa que se dedica a cuidar de todos a sua volta. Uma das vocações mais comuns para Guias é a de Psicólogo, uma especialização que o próprio Apeîara estudou.

Faltando tão pouco para a guerra explodir os Guias são uma das heranças mais requisitadas pelos dois lados da guerra. A maioria dos Guias jurou lealdade a Ya’Wara e Takeda, porém Paba conseguiu muitos aliados poderosos, trazendo muitos dos herdeiros de Apeîara para o seu lado.

Guias

Herdeiros de Apeîara